DNA (imagem ilustrativa) - Sputnik Brasil, 1920
Ciência e sociedade
As principais notícias, reportagens e artigos sobre sociedade e avanços científicos.

Telescópio da NASA mostra nova FOTO de fogo de artifício espacial em torno de estrela

© Foto / NASA, ESA and J. Kastner (RIT)Nebulosa planetária bilopar NGC 6302. O objeto é caracterizado por suas grandes estruturas, que aparentam ser asas, motivo pelo qual é referida como Nebulosa Borboleta
Nebulosa planetária bilopar NGC 6302. O objeto é caracterizado por suas grandes estruturas, que aparentam ser asas, motivo pelo qual é referida como Nebulosa Borboleta - Sputnik Brasil, 1920, 06.07.2024
Nos siga no
A imagem foi tirada com o instrumento de infravermelho médio (MIRI) do Telescópio Espacial James Webb e mostra uma "protoestrela central crescendo na junção do que se assemelha a uma forma de ampulheta", diz comunicado da NASA.
A NASA compartilhou uma nova imagem do Telescópio Espacial James Webb em 4 de julho. A imagem é de um objeto jovem que está se tornando uma estrela, e mostra uma ampulheta flamejante composta por uma nuvem molecular abrigando uma protoestrela.
A protoestrela tem cerca de 100.000 anos de idade, o que é relativamente jovem para o objeto. A imagem mostra a protoestrela acumulando massa da sua nuvem molecular L1526, que está localizada na constelação de Touro, a cerca de 460 anos-luz da Terra.
A luz azul difusa e as estruturas filamentares na imagem vêm de compostos orgânicos conhecidos como "hidrocarbonetos aromáticos policíclicos (PAHs)", enquanto o vermelho no centro da estrutura é uma "camada espessa e energizada de gases e poeira que rodeia a protoestrela", explicou a NASA. "A região intermediária, que aparece em branco, é uma mistura de PAHs, gás ionizado e outras moléculas."
© NASA . NASANovos detalhes em torno da nuvem escura L1527 e sua protoestrela foram revelados pelo Telescópio Espacial James Webb da NASA. As cores vibrantes da nebulosa, visíveis apenas na luz infravermelha, mostram que a protoestrela está no meio de acumulação de material para se tornar uma estrela completa
Novos detalhes em torno da nuvem escura L1527 e sua protoestrela foram revelados pelo Telescópio Espacial James Webb da NASA. As cores vibrantes da nebulosa, visíveis apenas na luz infravermelha, mostram que a protoestrela está no meio de acumulação de material para se tornar uma estrela completa
 - Sputnik Brasil, 1920, 06.07.2024
Novos detalhes em torno da nuvem escura L1527 e sua protoestrela foram revelados pelo Telescópio Espacial James Webb da NASA. As cores vibrantes da nebulosa, visíveis apenas na luz infravermelha, mostram que a protoestrela está no meio de acumulação de material para se tornar uma estrela completa
"Os fluxos são emitidos em direções opostas ao longo do eixo de rotação da protoestrela à medida que o objeto consome gás e poeira da nuvem circundante", detalha NASA.
"À medida que a protoestrela continua a envelhecer e liberar jatos energéticos, ela consumirá, destruirá e afastará grande parte dessa nuvem molecular, e muitas das estruturas que vemos aqui começarão a desaparecer", explicou a administração. "Posteriormente, uma vez que o objeto termine de ganhar massa, esta impressionante exibição terminará, e a própria estrela se tornará mais aparente, mesmo para nossos telescópios de luz visível."
Logo da emissora Sputnik - Sputnik Brasil
Acompanhe as notícias que a grande mídia não mostra!

Siga a Sputnik Brasil e tenha acesso a conteúdos exclusivos no nosso canal no Telegram.

Já que a Sputnik está bloqueada em alguns países, por aqui você consegue baixar o nosso aplicativo para celular (somente para Android).

Também estamos nas redes sociais X (Twitter) e TikTok.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала