- Sputnik Brasil, 1920
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Rússia adapta seus meios de guerra eletrônica para interceptar munições de alta precisão, diz jornal

© Sputnik / Pavel Lisitsin / Acessar o banco de imagensSistema de guerra eletrônica móvel terrestre russo Krasukha-4
Sistema de guerra eletrônica móvel terrestre russo Krasukha-4 - Sputnik Brasil, 1920, 10.07.2024
Nos siga no
As tropas russas estão gradualmente adaptando os meios de guerra eletrônica para interceptar munições de alta precisão e poderão no futuro interceptar mísseis ATACMS e Storm Shadow com mais frequência, escreve The Wall Street Journal (WSJ), citando membros da Inteligência ucraniana e funcionários do Pentágono.
Segundo o artigo, o Exército russo já aprendeu a suprimir munições guiadas por GPS, incluindo projéteis Excalibur e foguetes Himars. Atualmente, a Ucrânia usa mísseis ATACMS e Storm Shadow para atacar as forças russas, mas as fontes do jornal enfatizam que o lado russo adapta os meios da guerra eletrônica para a interceptação desses alvos também.
"Para estas armas isso também é apenas uma questão de tempo até que a Rússia entenda como reduzir sua eficácia e aumentar o número de interceptações", observa o WSJ.
De acordo com a mídia, a doutrina militar ocidental, que dá prioridade a munições de alta precisão, não tinha sido devidamente testada antes do conflito na Ucrânia. Ela foi eficaz em conflitos regionais no Oriente Médio, mas não pode funcionar na luta contra um grande oponente.
Dezenas de munições convencionais melhoradas de duplo propósito (DPICM) de 155 mm aguardam para serem carregadas em obuseiros autopropulsados M109A6 Paladin e veículos de apoio de artilharia de campanha M992 em Camp Hovey, Coreia do Sul, 20 de setembro de 2016 - Sputnik Brasil, 1920, 01.06.2024
Panorama internacional
EUA retiram seus projéteis guiados Excalibur da Ucrânia por sua ineficácia, diz mídia
"Devemos ter feito alguns cálculos errados, porque nos últimos 20 anos temos usado munição de precisão em pessoas que não podiam fazer nada sobre isso. Agora estamos fazendo isso contra um adversário igual, e a Rússia e a China têm essas capacidades", disse Ben Hodges, ex-comandante das forças do Exército dos EUA estacionadas na Europa.
Observa-se ainda que muitas armas fornecidas pelo Ocidente são guiadas por satélites, entretanto as tropas russas aprenderam a suprimir seu sinal.
Anteriormente, a mídia havia informado que muitas munições americanas guiadas por satélite na Ucrânia não conseguem resistir aos meios de interferência russos, forçando Kiev a parar de usar certos tipos de armas ocidentais depois da queda de sua eficácia.
Logo da emissora Sputnik - Sputnik Brasil
Acompanhe as notícias que a grande mídia não mostra!

Siga a Sputnik Brasil e tenha acesso a conteúdos exclusivos no nosso canal no Telegram.

Já que a Sputnik está bloqueada em alguns países, por aqui você consegue baixar o nosso aplicativo para celular (somente para Android).

Também estamos nas redes sociais X (Twitter) e TikTok.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала